Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

H URB Imobiliária - Blogue

Todas as informações sobre o mercado imobiliário e sobre a H URB num só local.

Qua | 08.01.20

10 erros a evitar ao limpar a casa

Karim Manjra/Unsplash

Poucas são as pessoas que gostam efetivamente de fazer limpezas à sua casa. E são muitas as más práticas e/ou erros que todos nós cometemos, fazendo com que estas tarefas demorem mais tempo, consumem ainda mais dinheiro e sejam extremamente cansativas. 

O site Idealista e o portal Habitissimo criaram uma lista com "10 Mandamentos" do que é essencial não fazer quando se envereda pelas limpezas. 

1. Não planear

Muita gente opta por limpar de forma totalmente aleatória sem uma ordem concreta e isso pode tornar a limpeza pouco eficiente ou contraproducente. Crie uma rotina ou um plano de limpeza que abarque todas as divisões, definindo as tarefas a executar, e, desta forma , não deixar nenhum espaço por limpar.

2. Limpar pela ordem errada

Começar a limpar da varanda para a sala? Talvez não seja uma boa opção. Limpar a casa pela ordem errada pode estragar o trabalho já feito. A limpeza deve ser feita de cima para baixo e de dentro para fora. O Idealista e o Habitissimo recomendam, por exemplo, uma ordem simples na limpeza: primeiro, limpar os vidros; depois, a mobília e, no fim de tudo, o chão. Desta forma a limpeza será mais eficiente e menos cansativa. 

3. Não ter os materiais e produtos de limpeza à mão

JESHOOTS.COM/Unsplash

Quem nunca se esqueceu de algum pano quando estava a limpar? Este é um erro muito comum e que faz com que gaste o dobro do tempo a limpar a casa. Aliás, existe um estudo que defende que perdemos mais tempo à procura das coisas para fazer as tarefas de limpeza do que nas limpezas propriamente ditas. Por isso, antes de pegar no espanador, verifique se tem consigo tudo o que precisa para que a limpeza da casa seja mais eficiente. Faça uma lista, se necessário. 

4. Não usar os produtos corretos

Se existem diferentes produtos para diferentes materiais, existem um motivo: o limpa vidros é para vidros e não para madeiras! Pode parecer estranho mas é comum a utilização de produtos em utilizações para os quais não são os mais indicados. No limite, os materiais que está a tentar limpar podem sair danificados. Caso não goste de andar a trocar de produto sempre que limpa a casa, procure um produto multiusos. 

5. Deixar algo por limpar

Quando se limpa a casa, é possível que deixe vários objetos por limpar por algum motivo. Falamos de eletrodomésticos, por exemplo: este tipo de objetos, quando não limpos, pode não ter a mesma performance. Outros objetos como torneiras, maçanetas ou puxadores são também pontos da casa que não são limpos convenientemente ou as vezes necessárias. Devido à sua utilização frequente, estes são sítios carregados de bactérias pelo que devem ser bem limpos. 

6. Usar o mesmo pano

A pergunta que se impõe é: "Quem nunca?". Mas isso é errado. Usar o mesmo pano para limpar todas as zonas espalha as bactérias e germes por todo o lado e é algo que se deve evitar. 

7. Não deixar os produtos atuar

Sim: muitos dos produtos de limpeza têm um tempo de atuação mínimo de alguns minutos. No entanto, a pressa em terminar a limpeza é maior e não se cumpre essas indicações, resultando numa limpeza deficiente. Leia os rótulos das embalagens e verifique as instruções para que consiga os melhores resultados. 

8. Sobrecarga das máquinas 

Dan Gold/Unsplash

A velha máxima do "cabe sempre mais um" não se aplica às máquinas: a limpeza pode ser ineficiente e isso vai pesar-lhe na carteira. Ao sobrecarregar a máquina de lavar roupa ou de lavar loiça, a lavagem pode não ser bem feita pois a água e o detergente não alcançam os vários itens que coloca. Para lavar tudo corretamente, vai ter que fazer uma nova lavagem o que leva a gastar mais água, energia e detergente. Respeite os limites do seu eletrodoméstico, verificando qual o peso ou a capacidade máxima do mesmo. 

9. Lavar as janelas em dia de sol

Pode parecer uma sugestão estranha mas tem uma razão de ser: ao limpar as janelas em dias de sol, o limpa-vidros vai secar mais rapidamente, deixando manchas. Opte pela lavagem dos seus vidros em dias menos soalheiros ou com algumas nuvens

10. Não limpar a banca da louça

Outro dos locais cheio de bactérias e fonte de maus-cheiros na casa é o lava-loiças. Este espaço deve ser limpo após a sua utilização, utilizando, para isso, um detergente neutro ou um desinfetante sem cheiro.