Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

H URB Imobiliária - Blogue

Todas as informações sobre o mercado imobiliário e sobre a H URB num só local.

Qua | 14.10.20

Qual a melhor forma de gerir os seus contratos de forma eficaz durante uma mudança?

couple-packing-books-and-lamp-to-the-boxes-E8KHGUP.jpg

Realizar uma mudança de casa pode ser resumida em desmontar móveis, empacotar coisas, viver entre duas casas e, a tudo isto, deve acrescentar as papeladas e as coisas a resolver para a sua nova casa. Uma mudança de casa não é algo assim tão simples mas, se for bem planificada, será mais fácil de a exercer.

Neste artigo, fruto de uma parceria entre a H URB e a Selectra Portugal, fique com umas dicas de como pode gerir os seus contratos de energia o mais rápido possível. 

Contrato de energia: ligar a eletricidade ou mudança de titular?

Quando chega a uma nova casa, é provável que se depare com duas situações:

  • O local não tem fornecimento de luz. E isto deve-se aos anteriores inquilinos que cancelaram o contrato ou por ser uma casa nova é necessário ligar a eletricidade pela primeira vez. Neste caso, deve-se entrar em contacto com a comercializadora elegida para efetuar contratado tanto de luz como de gás.
  • Existe contrato de energia mas em nome de outra pessoa. Nesta situação, é possível pedir a alteração do titular do contrato de luz e gás. Este pedido é feito às companhias de energia, como a EDP ou a Endesa, pelos meios habituais.

As alterações que se pretendam realizar ao contrato de energia, seja mudar a potência elétrica ou a tarifa, apenas são possíveis quando o contrato estiver em nome da pessoa correta. O consumidor deve ter em conta as necessidades energéticas e fazer uma comparação das comercializadoras elétricas para ver qual a que lhe oferece mais poupança. Utilize o comparador de tarifas elétricas da Selectra para saber as melhores alternativas.

O que deve ter conta na hora de contratar uma tarifa de luz ou de gás?

Quanto tiver de escolher as tarifas de energia, é importante que tenha em consideração alguns fatores:

  • Definir as suas necessidades:
    Sabendo a dimensão da casa, o número de pessoas que vão habitar nela e o tipo de eletrodomésticos que tem, é possível saber que tarifa é a mais adequada.
  • Potência:
    A potência contratada é o preço fixo que se paga nas faturas. Se tiver potência a menos, vai ter sempre o quadro elétrico a disparar; se tiver potência a mais, vai pagar mais sem essa necessidade. Consulte sempre junto da sua comercializadora ou de um eletricista credenciado que potência deve contratar.
  • Fidelização:
    Algumas companhias elétricas podem oferecer-lhe algum tipo de tarifas ou serviços que fazem com que tenha de ter um contrato durante um determinado tempo, mesmo que queria cancelar. Informe-se sempre de todas as cláusulas para que possa mudar de contrato de luz sempre que quiser.
  • Atenção aos serviços extra: 
    Tenha a certeza que, ao contratar eletricidade, não está a contratar serviços adicionais que nem vai usar e que farão aumentar a sua fatura todos meses.