Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

H URB Imobiliária - Blogue

Todas as informações sobre o mercado imobiliário e sobre a H URB num só local.

Sab | 27.06.20

Sabia que as lâmpadas têm garantia?

Michelen Studios/Unsplash

Já fez as contas a quantas lâmpadas tem em sua casa?

O número pode ser variável mas o processo de enroscar uma lâmpada ou de colocar um painel luminoso pode não ser o melhor passatempo para um sábado à tarde. Especialmente quando aquela lâmpada LED que comprou por um preço relativamente alto deixou de funcionar alguns meses após a compra. 

Desde 2018 que é proibida a venda de lâmpadas de halogéneo. Por obrigação europeia, devido ao compromisso de redução das emissões de CO2, apenas é permitida  venda de lâmpadas LED. A escolha é justificada pelo facto deste tipo de lâmpadas ter uma vida útil expectável de, no mínimo, quinze anos. No entanto, muitas das vezes, esse período de vida útil não corresponde, de facto, ao período de vida da lâmpada nas nossas casas, acabando a mesma por deixar de funcionar muito antes. 

É certo que essa redução do tempo de vida pode dever-se a múltiplos fatores como problemas na instalação elétrica da sua casa, algo que deverá verificar regularmente, com a ajuda de um técnico especializado, para prevenir ou eliminar quaisquer problemas que possam existir. 

No entanto, quando nada justifica que uma lâmpada deixe de funcionar, a única solução será comprar outra... ou acionar a garantia. Sim: sabia que as lâmpadas, tal como um eletrodoméstico ou outro equipamento, têm garantia? Isso mesmo é referido na embalagem, com este período a ter tempos variáveis, sendo que a garantia tem de lhe ser prestada quer compre a lâmpada numa mercearia de bairro ou numa grande superfície de bricolage. 

A plataforma "Contas Poupança" indica que, para ativar a garantia, é necessário que guarde a fatura da compra da lâmpada. Quando a instalar, basta escrever na parte plástica da própria lâmpada a data de instalação e o local de compra (o período de garantia não se inicia a partir da data de compra do produto mas sim a partir da data de instalação). Se a mesma avariar antes do fim da garantia dada pelo fabricante, basta que se dirija à loja onde a adquiriu com a fatura e a lâmpada defeituosa, solicitando uma lâmpada similar ou a devolução do dinheiro. 

Caso lhe digam que a lâmpada não tem garantia (está apenas sujeita aos quinze dias iniciais para troca) ou que só tem, no limite, seis meses de garantia, tem duas opções: 

  • Mostre a embalagem!
    Os fabricantes fazem questão de mostrar na embalagem o período de garantia. Essa indicação é válida como um "contrato"!
  • Se não funcionar, peça o livro de reclamações! 
    Todos os bens novos têm, no mínimo, dois anos de garantia!

Inicialmente, pode até pensar que não vale o trabalho! Mas, se calhar, é melhor pensar duas vezes: está a poupar dinheiro acionando a garantia! É menos uma lâmpada que terá que comprar!